Por que fazer uma licenciatura em Geografia a distância?

A pergunta que dá título ao post é bastante pertinente pois, mesmo que a Licenciatura em Geografia ainda seja um dos cursos de nível superior mais buscados pelos futuros professores, ainda existem muitos que gostariam de se matricular mas possuem uma série de dúvidas sobre o por quê escolhê-lo. Portanto, a partir de agora, tentaremos responder da maneira mais completa e informativa possível.

Bom, antes de qualquer coisa, e talvez o motivo principal, é que apenas fazendo uma faculdade de Geografia a distância, e claro, conquistando o diploma, será possível ingressar no mercado de trabalho, seja para lecionar ou atuar em alguma outra função ligada à área. Outro fator importantíssimo é o de aprender e ficar preparado para ser um dos melhores profissionais do ramo.

Como você deve ter reparado, no parágrafo acima falamos sobre lecionar ou atuar em outra função. Sim, é isso mesmo, ao contrário de que muitos pensam, quem faz uma licenciatura não tem como única opção dar aulas para turmas de ensino fundamental e médio, ou ensino superior, caso faça uma pós-graduação, é possível ainda atuar em Geoprocessamento, Ecoturismo, Geopolítica, Planejamento Ambiental, Sensoriamento Remoto, colaborando na produção de livros e outros materiais didáticos, isso para citar apenas algumas opções.

Mas será que a faculdade de Licenciatura em Geografia EAD é difícil? Essa com certeza deve ser mais uma entre suas dúvidas. E a resposta para essa pergunta é muito simples! Assim como todos os demais cursos de graduação, caso haja foco, disciplina, e claro, esteja matriculado na melhor instituição de ensino nessa modalidade, então podemos afirmar que não é difícil.

Inclusive, falaremos mais sobre o curso abaixo…

Como é o curso de Licenciatura em Geografia a distância?

A Licenciatura em Geografia a distância é, como já dissemos anteriormente, um curso de nível superior destinado a pessoas que querem dar aulas dessa disciplina em escolas, ou que buscam atuar em outras funções dentro da área. A duração é de pelo menos 48 meses, ou quatro anos, como preferir, divididos em um total de oito semestres.

Durante esse período o aluno é apresentado a uma série de disciplinas que o prepararão tanto para ter bagagem na parte prática, como também na parte teórica. Quer saber quais são elas? A partir de agora a gente te conta.

1º Semestre

  • História da Educação
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Formação Docente para a Diversidade
  • Filosofia da Educação
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Sociologia da Educação

2º Semestre

  • Fundamentos e História da Geografia
  • Psicologia da Educação
  • Políticas Educacionais e Organização da Educação Básica
  • Didática
  • Educação e Ludicidade
  • Educação Ambiental

3º Semestre

  • Currículo e Planejamento na Educação Básica
  • Fundamentos da Educação Especial e Inclusiva
  • Biogeografia e Impactos Ambientais
  • Metodologia do Ensino de Geografia no Ensino Fundamental
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais

4º Semestre

  • Metodologia do Ensino de Geografia no Ensino Médio
  • Organização do Espaço Mundial
  • Antropologia Cultural
  • Fundamentos da Geologia
  • Geografia Regional do Brasil

5º Semestre

  • Fundamentos da Geografia Física
  • Introdução à Cartografia
  • Geografia Urbana
  • Transversalidade na Educação

6º Semestre

  • Geografia da População
  • Geografia Rural
  • Geografia Política, Econômica e Industrial
  • Avaliação da Aprendizagem

7º Semestre

  • Geomorfologia Geral
  • Climatologia
  • Gestão Educacional
  • Direitos Educacionais de Crianças e Adolescentes

8º Semestre

  • Introdução às Geotecnologias
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa
  • Tópicos Especiais
  • Análise Espacial

Além de, obviamente, garantir a aprovação nas provas de cada uma das disciplinas que compõem a grade curricular Licenciatura em Geografia, o aluno precisará ainda participar de Práticas Pedagógicas (em todos os semestres), participar de Projetos Integradores (nos 2º, 4º, 6º e 8º semestres), fazer Atividades Curriculares Complementares (que já podem ser iniciadas a partir do 1º semestre), passar por Estágio Supervisionado (no 5º e no 7º semestres), e por fim mas não menos importante, produzir e apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso, o famoso TCC, no último semestre.

Mercado de Trabalho

Quem se forma no curso de Licenciatura em Geografia pode, como já dissemos anteriormente, seguir a carreira acadêmica, uma vez que, conforme você já viu, aprenderá no decorrer uma série de disciplinas que o prepararão para a nobre missão de lecionar para turmas do ensino fundamental e médio.

O salário médio no Brasil para quem possui diploma de Licenciatura plena em Geografia, dependerá, claro, do local de atuação. A média salarial é a seguinte:

  • Professor de Geografia no Ensino Fundamental – R$ 1.900,00
  • Professor de Geografia no Ensino Médio – R$ 3.200,00
  • Professor de Geografia no Ensino Superior (com graduação) – R$ 5.000,00
  • Professor de Geografia no Ensino Superior (com aperfeiçoamento) – R$ 5.400,00
  • Professor de Geografia no Ensino Superior (com especialização) – R$ 5.700,00
  • Professor de Geografia no Ensino Superior (com mestrado) – R$ 7.100,00
  • Professor de Geografia no Ensino Superior (com doutorado) – R$ 10.200,00

Mas caso seu objetivo ao matricular-se na faculdade não seja o de dar aulas, também é possível desempenhar funções nas seguintes áreas:

  • Ecoturismo – organizando excursões em parques ecológicos e áreas de preservação, e atuando como guia oferecendo informações técnicas;
  • Geografia Humana – estudando assuntos relacionados a desigualdade social, concentração populacional e os efeitos da atividade humana no planeta;
  • Geopolítica – estudando a parte política, os acordos entre nações, os conflitos, entre outros;
  • Geoprocessamento e Cartografia Digital – trabalhando com mapas, imagens de satélite, fotografias aéreas, sistemas de informações geográficas e banco de dados;
  • Planejamento Agrícola – planejando a ocupação de um lugar, com objetivo de minimizar os impactos na natureza;
  • Planejamento Ambiental – planejando a gestão territorial junto de arquitetos, biólogos e antropólogos com o objetivo de organizar o uso do solo, mobilidade, estruturação urbana, etc;
  • Sensoriamento Remoto – analisando imagens enviadas por satélites para levantar informações sobre solo, relevo e realiza elaboração de mapas.

Além disso, existe também a possibilidade de participar de concursos públicos, onde costuma haver ofertas de grandes quantidades de vagas, principalmente para a função de Professor. Os editais, em sua maioria, costumam ser lançados por Prefeituras e Câmaras Municipais, Institutos e Secretarias de Educação, entre outros. Mas claro, também há abertura de vagas para outros cargos.

Então é isso, esperamos que com esse post tenhamos conseguido tirar todas as suas dúvidas se fazer Licenciatura em Geografia vale a pena, e que após lê-lo vá em busca de realizar sua matrícula na faculdade que certamente irá prepará-lo da melhor forma para se tornar o melhor profissional da área.

Deixe seu Comentário